FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Novo CEO da Renuka assume desafio de sanear grupo e cumprir compromissos com credores

voltar
novo-ceo-da-renuka-assume-desafio-de-sanear-grupo-e-cumprir-compromissos-com-credores
Foto: Internet
A Renuka do Brasil S. A., com usinas em Promissão (Madhu) e Brejo Alegre (Revati), no interior paulista, anunciou que Manoel Vicente Bertone será seu novo CEO, conforme o plano aprovado pelos credores. Manoel Bertone tem pela frente o desafio de levar adiante o plano de recuperação judicial recém aprovado pelos credores da companhia e já assumiu para si os desafios desta nova etapa profissional.
 
Com larga experiência no setor da bioenergia e no agronegócio como um todo, Bertone foi, por quatro anos, Secretário Nacional de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, entre os anos de 2007 e 2011. Ele também foi CEO da Usina Bandeirantes, em Bandeirantes, no Paraná, onde também atuou como assessor do Conselho de Administração por mais de 30 anos; foi CEO da Benri (Biomass Energy Research Institute); além de especialista em agronegócio da Deloitte. Bertone também presidiu por muitos anos o Conselho Nacional do Café, setor em que também tem larga experiência.
 
"Os desafios agora à frente da Renuka do Brasil são enormes. O grupo está em recuperação judicial e vamos trabalhar para mantermos os importantes compromissos que assumimos junto aos credores", destacou Bertone.
 
Com mais de 3,7 mil colaboradores, a Renuka do Brasil é subsidiária da Shree Renuka Sugars, com ações listadas na Índia. As duas usinas do grupo possuem capacidade de processar até 9 milhões de toneladas de cana por safra, mas devem esmagar na atual temporada cerca de 7,5 milhões de toneladas, com a produção de açúcar, bioeletricidade e etanol, entre anidro e hidratado.


Fonte: UDOP

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.