FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Secretaria de Agricultura, APTA e Fundepag assinam acordo para implantar Programa Cidadania no Campo

voltar
secretaria-de-agricultura-apta-e-fundepag-assinam-acordo-para-implantar-programa-cidadania-no-campo
Foto: Divulgação
O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Francisco Sergio Ferreira Jardim, assinará amanhã, sexta-feira (14), às 10 horas, na sede da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), em Campinas, o Acordo de Cooperação com a Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag) para colocar em prática o Programa Cidadania no Campo.
Implementado pelo Decreto n° 63.764 de 22 de outubro de 2018, o Programa Cidadania no Campo tem como objetivo oferecer, facilitar e ampliar o acesso a serviços públicos essenciais para a população que reside em áreas rurais dos municípios paulistas.
 
De acordo com o assessor parlamentar e de apoio aos municípios, Carlos Henrique Paes de Barros, que coordena o Programa, "a Secretaria criará uma base de endereços das propriedades agropecuárias no Estado, formando um repositório com dados sobre os mapas dos municípios, que permitirá a roteirização e navegação nas estradas rurais", disse.
 
Para consolidar as informações, a Fundepag utilizará uma solução tecnológica desenvolvida pela SciCrop, startup voltada ao mercado de tecnologia no agronegócio (agtech). Fundada em 2015, a SciCrop participou do AgriFutura, evento realizado pela Fundepag em 2018, onde demonstrou ferramentas desenvolvidas para atender o segmento.
 
Por meio dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), e com o apoio da Fundepag, a APTA desenvolveu uma modelagem tecnológica que atende às necessidades estabelecidas pelo Grupo de Trabalho Acessibilidade Rural, responsável pela concepção do Programa.
 
"O grupo, que reúne as secretarias estaduais de Segurança Pública, Meio Ambiente e Transportes e Logística, analisou as condições e as possibilidades e concluiu que a maior dificuldade na prestação de serviços era chegar à propriedade rural, pois, historicamente, nunca foi dado um endereço exclusivo aos sítios e fazendas", explicou Carlos Henrique.
 
De acordo com o assessor, o programa dará suporte às prefeituras para a criação de endereços também fora da zona urbana nos mesmos moldes da cidade. O endereço terá o nome do logradouro, na grande maioria dos casos uma estrada municipal, e a numeração, que demonstra a distância entre a porteira e o início da via.
 
O secretário de Agricultura e Abastecimento, Francisco Sergio Ferreira Jardim, acredita que "o Programa Cidadania no Campo apresentará uma análise crítica, com base em estudos de inteligência, para identificar onde estão os grandes problemas da segurança no meio rural".


Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.