FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Pesquisa em GO avalia risco de deriva em pulverizações terrestres e aérea

voltar
pesquisa-em-go-avalia-risco-de-deriva-em-pulverizacoes-terrestres-e-aerea
Foto: Divulgação
A segunda-feira (dia 6) foi de pesquisa de campo para comparar os riscos de deriva em pulverizações terrestres, aéreas e costais, em Rio Verde/GO. A movimentação ocorreu pela manhã e teve a participação do Sindag, da Universidade de Rio Verde, Instituto Federal Goiano, Sindicato Rural de Rio Verde, Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) e Ministério da Agricultura. O sindicato aeroagrícola foi representado pelo diretor Tiago Textor e, para os ensaios, foram utilizados coletores horizontais e verticais (papéis hidrossensíveis) posicionados fora da faixa de aplicação.
 
Os coletores foram colocados em uma linha de 200 metros a partir da área aplicada e para cada método foram feitas duas aplicações, uma em condições normais e a segunda em condições desfavoráveis. Os dados foram calculados com ajuda de um scaner de papeis hidrossensíveis e metodologia que abrange todas as variantes de campo.
 
Os resultados do experimento serão apresentados no próximo dia 23, às 7h30, no Centro Tecnológico da Comigo (CTC), em Rio Verde (Anel Viário Paulo Campos, Km 7). A apresentação estará a cargo do engenheiro agrônomo e consultor do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) Marcelo Drescher, durante a palestra Segurança e Boas Práticas em Aplicações.


Fonte: SIAMIG

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.