FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Mecanização dos cafezais traz viabilidade técnica e econômica aos produtores

voltar
mecanizacao-dos-cafezais-traz-viabilidade-tecnica-e-economica-aos-produtores
Foto: Divulgação

Com a economia baseada na atividade agrícola, a cidade de Guaxupé (MG) possui mais de 200 propriedades rurais, sendo o café o principal produto de cultivo. Neste cenário positivo, a Agritech, empresa fabricante dos tratores Yanmar Agritech, estará no ponto de encontro dos cafeicultores num dos mais completos eventos do setor: a FEMAGRI – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas, que será entre 21 e 23 de fevereiro.
 
Um dos gargalos da cafeicultura é a disponibilidade de mão de obra. De acordo com o coordenador de vendas da Agritech, César Oliveira, um dos fatores que viabiliza a atividade é a redução dos custos da colheita a partir do investimento em tecnologia. “Investir em mecanização traz benefícios como a rapidez e diminui o valor do custo de produção da saca de café”, salienta.
 
A Agritech levará aos produtores sua tradicional linha cafeeira. São máquinas super estreitas desenvolvidas especialmente para a cultura do café adensado. O modelo cafeeiro 1175 Super Estreito Cabinado tem potência de 75 cv e 1,30 metros de largura externa dos pneus. Já o 1155 Super Estreito Cabinado possui potência de 55 cv e 1,18 metros de largura externa dos pneus. Outro detalhe é que os modelos possuem cabine de fábrica. São cabines equipadas com estruturas (monobloco) de proteção contra capotamento (EPCC) e controles do ar condicionado com comandos de fácil acesso.
 
 “São leves, estreitos e econômicos. Não compactam o solo e são fáceis de operar. Atuamos no mercado cafeeiro há muitos anos e por este motivo conseguimos entender as necessidades dos produtores e desenvolver as melhores soluções”, completa.
 
Oportunidade de negócios
Na FEMAGRI, os produtores terão a possibilidade de aquisição das máquinas e implementos Yanmar Agritech por financiamento com taxas atraentes oferecidas pelo Banco de Fábrica DLL. Outra possibilidade é a aquisição pelo programa Mais Alimentos do Governo Federal, que oferece uma linha de crédito para o pequeno agricultor brasileiro aumentar sua produtividade, auxilia o produtor nos investimentos de infraestrutura da propriedade rural em modernização e aquisição de máquinas e de novos equipamentos.
 
Outra opção é o Consórcio Nacional Agritech que oferece planos com prazos de 30 a 100 meses. “É uma forma programada e inteligente de adquirir máquinas agrícolas e outros implementos, pois oferece taxas que ficam abaixo das praticadas no mercado”, salienta o coordenador.
 
No evento, a Agritech contará com a participação dos concessionários parceiros Alvorada Tratores, Corujão, Nena Tratores e Sami Máquinas.


Fonte: Attuale Comunicação

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.