FILTRE SUAS NOTÍCIAS POR DEPARTAMENTO

Especialista faz boas projeções para safra 2018/2019 durante TECNOSHOW COMIGO

voltar
especialista-faz-boas-projecoes-para-safra20182019-durante-tecnoshow-comigo
Foto: Internet
Em clima de otimismo, o engenheiro agrônomo Anderson Galvão, da Céleres, fez boas projeções para a safra 2018/2019, animando os produtores rurais que participaram da palestra Agricultura brasileira em 2018/2019: cenários e perspectivas realizada na tarde desta quinta-feira, 12, na TECNOSHOW COMIGO, em Rio Verde (GO). “Tivemos uma safra com alto índice de produtividade e clima favorável. Além disso, tivemos uma recuperação de preço que decorre de outros elementos: quebra de safra da Argentina, recuperação da taxa de câmbio no Brasil, escassez sobretudo de milho no mercado interno e, portanto, a gente chega a uma situação única: produção e preço bons”, analisa.
 
Estimativa divulgada pela Conab no último dia 10 aponta que a safra 2017/2018 deverá ser a segunda maior da história, atingindo 229,5 milhões de toneladas graças ao avanço da colheita da soja e do milho primeira safra. Galvão chama atenção dos produtores para que fiquem de olho no comportamento dos mercados interno (incertezas políticas por conta das eleições) e externo, agitado pelos conflitos comerciais entre China e Estados Unidos, o que poderá provocar oscilações da taxa de câmbio. No entanto, ele acredita na tendência de valorização do real até o final do ano.
 
Para terem uma boa competitividade, orienta o engenheiro agrônomo, os produtores precisarão adotar uma estratégia de gestão e comercialização, que leve em conta fatores como clima, custos de produção, oferta e demanda globais, entre outros. “Sem um planejamento, sem uma estratégia é muito difícil determinar aonde chegar. Se você não sabe pra onde você vai, não tem nenhum caminho favorável. Rentabilidade se consegue com boa produtividade, controle de custo e uma boa estratégia de venda da produção”, afirma.
 
Questionado sobre a produtividade do milho inverno, ele diz que previsões ainda dependem do volume de chuva daqui até o começo de maio. Já em relação aos preços das commodities, novamente o recado dado aos agricultores é a atenção e análise dos números. “O nosso entendimento é que, do final de maio até metade de agosto, é um período de definição da safra americana. É isso que vai determinar o quão bom será o comportamento, o nível dos preços desses produtos (soja e milho) no remanescente de 2018 e 2019”, avalia.
 
FICHA TÉCNICA
17ª TECNOSHOW COMIGO
Data: 9 a 13 de abril de 2018 (segunda a sexta-feira)
Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Horário: 8 às 18 horas
Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Exposição de Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais e Dinâmicas de Pecuária.
Site: www.tecnoshowcomigo.com.br | Twitter e Instagram: @tecnoshowcomigo


Fonte: Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO

  • Imprima
    essa Notícia
  • Faça um
    Comentário
  • Envie para
    um amigo
  • Compartilhar
    o conteúdo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Newsletter

Receba as novidades no seu e-mail.